PENSANDO DENTRO DA CAIXA

Publicado: 03/05/2016

HOJE , NA CAIXA

Dentro da caixa. Hoje me sinto assim. Quero estar assim. Dentro da caixa. Eu comigo, fechada em meu quarto, sussurrando idéias para meu íntimo, atendendo as traquinagens dos meus pensamentos, burlando meus próprios planos, maquinando contra a máquina, deixando pular coisas a ponto de transformar a famosa pandora em amadora. São meus monstros saltando em minha cama, meu príncipe nada encantado, meu sapo sem brejo, aquela fé que tenho na próxima viagem, aquele medo do desejo incerto e foi tudo bem, foi tudo de bom.
Em pé, defronte ao espelho, imaginei novas formas de ser eu mesma. Nua aceitei aquela estria. Até achei que ela me caía bem, me fazendo única. Mas decidi dar um adeus a celulite que não me pertence, começarei novamente uma atividade física (na segunda), fiz novas combinações com minhas velhas roupas, aquelas que já estava exausta de usar do mesmo jeito (juro que foi bem interessante). Enfim, dancei músicas que só eu gosto, desenhei nas paredes e adormeci feliz, com uma sensação ímpar de me sentir totalmente livre dentro da caixa ....

... aliás acredito que só pode ser inteiramente livre dentro da caixa quem já pintou e bordou fora dela.

.
Voltar